Blogueira ou bloguete?

Oi você aí, tudo bom?

Segura o forninho que hoje eu resolvi falar MERMO sobre o que ando vendo muito por aí.

Menine, eu observo esse mundo de blog desde 2007 inclusive nesse referido ano criei o meu primeiro planetinha online. Então bagagem eu tenho SIM! Nessa época não tinham muitas blogueiras, e as que eram faziam com amor... Nem precisava dizer a diferença, mas como sou abusada vou falar mesmo assim.

Vamos começar pela minha fase leitora assídua?
Meu primeiro contato como seguidora fiel de alguma blogueira foi a Camila Coelho - assim que ela começou. Por ela eu ficava ansiosa, dava um milhão de F5 na página dela para ser a primeira comentar no post e ser percebida por ela, tietava de verdade! E eu como adolescente cabeça-oca se ela favala que uma base da MAC era ótima eu iria vender minha córnea pra ter, e eu nem trabalhava na época... Ela me respondia no comentário eu ficava era doida, chorava e tudo.. Adolescente né? Naquela época era normal ver amor e conteúdo, as meninas se preocupavam com isso.. Por mais que a realidade dela era outra - embora aqui no Brasil a MAC seja uma fortuna e um pouco mais, lá em Massachusetts não era. Ela era maquiadora profissional e por várias vezes me lembrava da Camila dizendo que não havia necessidade de querermos tantas maquiagens assim, afinal ela trabalhava com isso, nós eramos apenas consumidoras da vida glam afinal kk.
Quando ela começou ficar famosa, glamurosa e tudo mais eu fiquei confusa e com saudades daquela época sabe? Fiquei 1 ano sem assistir com muita assiduidade e posteriormente nem procurava mais saber.. chegou uma época que eu nem me lembrava mais dela, só não sabia se era por que eu amadureci ou se ela realmente mudou tanto. Eu percebi que foi um pouco dos dois, ela por estar um pouco sem tempo ao meu ver deixou o canal de lado e seguiu outros caminhos, afinal ela estava em outro mundo! E aquela Camila de antes cresceu. Assim como eu cresci e passei a encarar esses vídeos de uma forma diferente. Natural né?
Antes de mais nada não estou fazendo esse post para ficar em lamurias pela Camila ok? Tanto que eu esse ano segui novamente o canal dela e tô feliz com isso.
Com isso percebi que é apenas uma fase sabe? Você é adolescente sonhadora, se deslumbra com a vida glam e fácil que essas blogueiras levam só que antes você gostava de ser fã, hoje em dia as meninas querem alcançar isso a todo custo. Bloguetes nascem assim também.

Continuando...
Essa mudança na internet com relação as blogueiras não iria ser uma coisa pequena, desde que começou a entrar dinheiro, fama, recebidos, monetização e afins a cada minuto surge um blog novo com prazo de validade de poucos meses. O que antes era por amor virou negócio e forma de vida fácil. Quero deixar claro que até acho justo um retorno, ter um blog é quase ter um filho - dá trabalho sim, precisa de dedicação e cautela pra isso e nada mais justo  para algo que virou profissão. O problema maior é que com isso cresceu o olho  de meninas que começam sonhando em ostentar MAC e NARS mesmo sem nenhuma base pra isso e nas blogueiras já na mídia subiu à cabeça, nem preciso citar nomes né?. GENTE, precisamos entrar no ponto que: na adolescência, assim como eu fui, somos FACILMENTE INFLUENCIÁVEIS, e grito isso porque é um absurdo tantas bloguetes por aí que só visando dinheiro indicam coisas que elas nem sabem se realmente é nocivo, dão "dicas mascaradas de amiga" e as meninas ficam doidas. Exemplo? Um mais recente: sabonete íntimo.

Sabonete íntimo?
MENINAS, eu não sou velha mas já fui muito em consulta com ginecologista para saber que esses sabonetes indicados por algumas "bloguetes" como se fosse a coisa mais linda é furada. Elas GANHAM pra isso e a marca quer mesmo é que você os compre. Com isso só consigo ver nada mais que LUCRO LUCRO E LUCRO, e sabe o que sempre leio à respeito desses produtos? Que eles tiram a defesa natural da sua genitália, tanto que casos (inclusive comigo) de uma infecção maior ou sensibilidade por uso contínuo dessas coisas. QUEM DIZ ISSO É PROFISSINAL, para comprovar marque uma consulta e pergunte pessoalmente! Olha que não foi só uma, foram várias médicas diferentes que disseram a mesma coisa... VÁRIAS! Como assim meninas que são ouvidas por tantas jovens dá um vacilo desses? Blogueira de verdade estuda o assunto antes, procura um especialista e indicam coisas que realmente são boas de verdade. Bloguete indica uma publicidade disfarçada de conselho de amiga de algo que ela nem sabe direito. Deprimente? É sim, e isso acontece sempre. Cadê o amor que tinha antes? Cadê a responsabilidade disso?
Continuando no abuso, mais um exemplo: outro dia morri com uma blogueira que anunciou um produto que dá na cara que ela nunca usou na vida - aromatizador de ar. Seria o mesmo que pedir para a Kylie Jenner fazer propaganda de um sabão em pó - como na vida essa menina lavou roupa? Fora de contexto legal.. O que aconteceu com essa fulana? As seguidoras reprovaram, deram deslike, reclamaram e tudo mais.. Bloguete aceita qualquer coisa por dinheiro, blogueira só assume um compromisso desses de algo que ela conhece, usa e gosta.

E aí amiga, o que você pensa sobre isso?

Vamos entender o que uma blogueira faz?
Comumente achamos aquelas que usam, gostam do produto e compartilham, algumas escrevem textos de suas experiências de vida - sejam amorosas, maternas, amizade, projetos, estudos, viagem, fotografia, viagem para o exterior...infinitas coisas. Ouvir a opinião de uma blogueira de verdade muita das vezes nos faz economizar ou não perder tempo com algo que não funciona, quem nunca já foi salva antes de comprar um cosmético reprovado? Ou conheceu uma opção mais barata daquele batom dyyvo?
 Antes de entrar as marcas e consequentemente eventos, viagens e grana, as blogueiras ainda não tinham perdido sua essência... Não digo todas, só que verdade tá aí pra ser dita: a maioria está assim, e o que se escuta muito por aí é "prefiro seguir as novatas, as gurus já não são mais as mesmas". Se uma fala a verdade, é transparente, filtra e escolhem marcas que ela está acostumada ou combinam com o tema dela ao meu ver é blogagem. Do contrário é só bloguete oportunista que só quer lucrar e ter as coisas fáceis. Entende a diferença? É incrível ver que muitas cresceram e mereceram isso, lutaram, fizeram bem-feito e tudo mais, só é lamentável assistir aquelas que eram dignas se perderem no caminho...  Enfim, uma blogueira é uma influência muito forte e por isso que as marcas dão credibilidade para quem tem mais números e isso não quer dizer qualidade. Se perdeu  no meio da "loucura por gerar views ou likes" a qualidade e o que assistimos é  publicidade velada (assunto a seguir) ou títulos chamativos só para você clicar. No final o mesmo propósito: GRANA. 

Publicidade disfarçada de "conselho de amiga" sem aviso prévio:
Quando você se depara com um vídeo/post de uma bloguéthi que foi paga com produtos ou grana para fazer a divulgação, não avisa que aquilo ali tem patrocínio, estando mascarado como falei um monte nesse post como "dica de amiga" é muito, MUITO ERRADO. O normal é ver #publipost, #publicidade #patrocinado e até mesmo frases abertas informando sobre, informando no próprio vídeo e afins, e tudo isso está correto!.. Agora ver por aê #AD ou #$ e similares é uma forma da bloguete te enganar "sutilmente" que está sendo paga pra isso, mas  acredite, é válido para os órgãos regulamentadores - AD vem do inglês advertising e significa propaganda. Só que maior parte dos leitores não conhecem essa expressão, por isso são facilmente enganados. Pior: quem usa isso também é alvo de constante fofoca..

O que acontece quando alguém denuncia esse tipo de publicidade?
A empresa paga uma multa, a blogueira perde credibilidade e ganha uma fama nada bacana, posteriormente isso prejudica na questão de novas parcerias.. Afinal de contas, que marca vai querer se associar com alguém que engana seus seguidores? Claro que tem empresas que não ligam e se preocupam mais com o número de inscritos que tal pessoa tem, mas outras bem sérias prezam muito pela imagem.
O nosso dever quando somos lesadas ou enganadas é denunciar no Conar. Publicidade tem regras sim! Ou será que toda empresa antes de lançar algum comercial simplesmente cria, joga na TV e acabou? Tudo nessa vida se pararmos para pensar tem regras. E pra começar, não sinalizar uma propaganda é crime.

O que eu quero passar com todo esse desabafo é que estou decepcionada em como as coisas estão ficando, principalmente pela quantidade de coisa errada ou vazia por aí. Tanta menina boa começando, fazendo com carinho e de verdade que não tem o devido reconhecimento que merecia.
Entendeu a diferença de ser uma blogueira ou bloguete? Se não, identifique assim:

Publicou um vídeo, só no final que você percebeu que era um publi? Broguéti
Não sinaliza nada? Broguéti
Fala de maquiagem mas divulga desinfetante para seu lar? Broguéti
Recebe um produto, não conhece e fala sobre ele como se fosse a 1ª maravilha do mundo? Broguéti
Ela mente na cara dura? Broguéti.
Critica duramente algo só por não ser famoso? Broguéti

Enfim, não dê credibilidade pra esse tipo de gente.
Você é blogueira também? Quer compartilhar o que você vê por aí? Pode reagir aqui nos comentários! Aqui não tem broguete pra apagar nada.



(desculpa o desabafo).
--
Imagem - Tumblr.

[left-sidebar]

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.