Realidade

Imagem/www.walldevil.com
Dói, mas é necessária.

Em dias frios como hoje, como essa quinta-feira de maio, a reflexão se deixa passear pelas calçadas da vida. A realidade muita das vezes nos pregam peças, nos pegam no colo e roubam lágrimas, principalmente daquelas pessoas que sonham (alto ou não).
Por mais que os devaneios gratuitos sejam o sal que precisamos tanto na nossa rotina, eis que chega o momento que você precisa pisar firme no chão, quase como se fosse fincar raízes por camadas e camadas...até chegar ao magma se for preciso, e o chato da realidade é perder o cheiro de baunilha daquele devaneio, seja num computador ou num jardim de uma casa que não existe ainda... Como é gostoso sonhar! Eu sei bem disso.


O tema de hoje não poderia vir num melhor momento, mesmo que não chegue através de um motoboy - chega através das escolhas e como a nossa velha conhecida frase "colhemos o que plantamos". O mundo gira até para as formigas então porque vamos ficar de fora dessa estatística? Como será a dor de retornar sem paraquedas ao chão? A REALIDADE precisa ser parte disso tudo, precisa ser o equilíbrio para dosarmos os nossos atos.. Ou realmente a mente humana deveria pensar que o sonho é infinito e real a ponto de esquecer que as escolhas de só sonhar e não agir não é suficiente? QUESTIONAR-SE é primordial, realmente vale tanto não compactuar com o real? É no real que sentimos na pele as pessoas FÚTEIS, doces ou imparciais.. É na realidade que buscamos a essência da gente em boa parte, em boa porcentagem, em um bom tilintar de copos no bar... A nossa realidade não deve ser só segundo plano e disso tudo devemos aprender que qualquer proposta "bacaninha" demais tem que ter um q de malícia, maldade...

... Até porque ladrões de sonhos existem em todas as esquinas, mesmo dentro do seu planetinha - e nessa hora só restará a realidade (conclusão de escolhas, ou a sua colheita).

APRENDE. Aprender, eu aprendi.



Imagem: weheartit | @ozgecan_kc

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.